terça-feira, 24 de julho de 2012

Amar

Que pode uma criatura senão,
entre criaturas, amar?
amar e esquecer, amar e malamar,
amar, desamar, amar?
sempre, e até de olhos vidrados, amar?
Que pode, pergunto, o ser amoroso,
sozinho, em rotação universal, senão
rodar também, e amar?
amar o que o mar traz à praia,
o que ele sepulta, e o que, na brisa marinha,
é sal, ou precisão de amor, ou simples ânsia?
Amar solenemente as palmas do deserto,
o que é entrega ou adoração expectante,
e amar o inóspito, o áspero,
um vaso sem flor, um chão de ferro,
e o peito inerte, e a rua vista em sonho,
e uma ave de rapina.
Este o nosso destino: amor sem conta,
distribuído pelas coisas pérfidas ou nulas,
doação ilimitada a uma completa ingratidão,
e na concha vazia do amor à procura medrosa,
paciente, de mais e mais amor.
Amar a nossa falta mesma de amor,
e na secura nossa, amar a água implícita,
e o beijo tácito, e a sede infinita.
(Carlos Drummond de Andrade)

Verdade?!

A verdade tem vários lados, vários significados, inúmeras versões e é bastante relativa. Mas o que é a verdade?

Para Nietzsche, por exemplo, a verdade é um ponto de vista. Ele não define nem aceita a definição da verdade, porque não se pode alcançar uma certeza sobre a definição do oposto da mentira.

Ta ai, eu concordo totalmente com ele, como disse no inicio a verdade é bastante relativa e depende muito daquele que a esta portando. As pessoas distorcem a verdade até que ela se torne a sua versão do real.  Portanto como podemos acreditar que exista uma verdade absoluta??

Digamos que eu sou do tipo de pessoa que acredita em qualquer variação da verdade. Pode ser que assim seja mais fácil de me enganarem, como as vezes acontece, mas sempre preferi acreditar, afinal se eu não puder acreditar nas pessoas em que poderei acreditar então?!

Existem no mundo diversas opiniões sobre a tal “verdade” se é verdade ou não somente o tempo vai dizer. Então o melhor é acreditar naquilo que te faz realmente acreditar. Seja isso verdade ou não, ao menos de alguma forma será essa a sua verdade.
O fato é que com o passar do tempo eu aprendi que nem todos os "amigos" que passaram pela minha vida foram realmente meus amigos..
Amigo é uma palavra muito forte que para mim hoje tem o mesmo peso do EU TE AMO, agradeço a Deus pelos poucos e bons amigos que a vida me deu! 

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Apenas saudades de momentos que jamais irão voltar


A dias estou pensando muito na vida.
Pensando em tudo o que fiz, nas coisas que deixei de fazer.
Tenho pensando em todas as pessoas incríveis que tive o prazer de conhecer, mesmo aquelas que só fizeram parte da minha historia por um breve momento.
Aqueles amigos virtuais que te conhecem tão bem, mas que agora por culpa da rotina, da correria do dia e caminhos que a vida te leva, infelizmente tem ficado mais de lado.
A vida é um barato mesmo são tantas possibilidades, tantas coisa para fazer, tantos caminhos pra seguir, o que posso dizer? Fazemos nossas escolhas e elas nos levam sempre por lugares diferentes e estes lugares nos levam até pessoas diferentes, vidas que por alguma razão cruzam com as nossas vidas, que de alguma forma nos moldam, nos mudam e ensinam.
E assim vou me descobrindo.
Percebo com o passar do tempo que aquela vida tão importante, que dividiu momentos marcantes com a minha virou apenas passado.
Aqueles que pensei conhecer são apenas estranhos para mim agora. Amigos? Talvez não mereçam ser chamados dessa forma, talvez tenham sido apenas colegas com quem dividi uma fase, a fase acabou e a “amizade” que existia também.
Acordei hoje com vontade de limpar, varrer da minha vida tudo o que o tempo levou, tudo o que se apagou, todos aqueles que foram embora e então descobri que são muitos, só sobraram os sorrisos falsos, as conversas vazias a cada 6 meses e a saudade de dias que não vão voltar nunca mais.
Eu ainda acordo disposta a arrastar essas “amizades” por alguns meses, reacendo velhas lembranças, mas isso é tão pouco.
Hoje sinto diferente, sinto que não vale a pena tentar ressuscitar algo que esta morto a anos, sinto que só eu tenho me esforçado. Jamais vou me esquecer, mais aceito que passou, foi muito bom mais acabou.
Estou fazendo faxina e jogando fora tudo o que o tempo já levou.
Tenho pensado muito nos dias que já não vão voltar. Pois é tudo uma hora tem um final e todo final é um recomeço, não somos eternos aqui então espero estar fazendo valer a pena cada momento, espero ter feito à diferença na vida de alguém. É uma longa jornada e as vezes grandes amigos acabam ficando pra trás a diferença está na quantidade de vezes que você olha pra trás para saber se eles estão bem.