terça-feira, 12 de junho de 2012

Perguntas sem resposta

Não quero te ver partir
Não aceito te deixar ir
Queria me lembrar do seu sorriso...
Receber as respostas que tanto anseio encontrar
São tantas perguntas
Já não sei mais se não quero a verdade
Talvez ela esteja diante dos meus olhos
E eu não queira enxergar
A unica certeza na vida é a morte
Alguns fazem ela parecer tão normal, natural
Mais não sei lidar, não quero pensar
Tenho buscado no fundo da minha alma as respostas 
Sinto que nunca vou encontra-las
De certa forma parece que elas sempre estiveram aqui
Implantadas como um chip
Alguém me explique a razão, o motivo, o por quê
E para minhas perguntas surgem mais perguntas
Tudo continua exatamente como estava antes
Nascemos, crescemos e morremos...
Mas no meio de tudo isso
Temos que lembrar de viver, tirar o melhor do pouco tempo que temos aqui 
Passamos a maior parte desse tempo experimentando, descobrindo ( ou pelo menos tentando)
Nos decepcionamos, e então escondemos...
Escondemos o que sentimos,
Escondemos a tristeza, escondemos as respostas e fazemos mais perguntas
Magoamos e somos magoados
Somos egoístas 
Não sabemos deixar ir
Nunca aprendi a lidar com a perda
Nunca entendi o porquê da partida
Queria não ter que passar por isso outra vez
Prefiro lembrar mesmo do seu sorriso
Estava sempre sorrindo e alegre
Mas hoje minha mente gravou somente uma imagem
E não é a imagem que eu gostaria
Nem ao menos é uma imagem que realmente reflita quem você foi
Não parece em nada com você enquanto esteve aqui
Durante o tempo que tivemos a felicidade de te ter por perto
Queria me lembrar do seu sorriso
Das tardes de domingo e almoços em família
Tem dias que choro sua partida
E em outros me lembro dos nossos momentos e consigo sorrir só de pensar em você
A vida continua, é assim que você sempre falava
Enquanto estiver aqui vou em frente, vou tentar
Que seja verdadeiro tudo aquilo que restar
Ainda desejo todos os dias ao me levantar, abrir os olhos e descobrir que tudo não passou de um sonho ruim
Que tudo esta de volta ao seu lugar
Mesmo sabendo que não esta...
Qualquer dia desses espero poder te encontrar
E ver o seu sorriso outra vez

Nenhum comentário:

Postar um comentário