quarta-feira, 16 de maio de 2012

Não pensei que seria tão depressa...

Tudo ao mesmo tempo, não pensei que seria tão depressa, a casa hoje esta uma desordem... e ao mesmo tempo é como se nada tivesse mudado a anos já estamos vivendo nessa imensidão de vazio. E mesmo assim continua sendo um golpe duro de aguentar e mais dificil ainda de aceitar.
Como pode o sol se tornar trevas tão rapidamente?
Era como se estivesse de aviso e que uma hora tudo iria mudar. Mesmo assim não acreditei que um dia seria essa a realidade a nos rodear...
Pra que tantos rodeios, agora foi embora. Talvez para tentar mudar, parar de brigar, mas já não vai adiantar o carro não esta mais na garagem. Sempre foram a minha definição de "Feliz para Sempre" e agora já não restou mais nada...
Já não lembro mais a razão de tanta discussão.
E eu me pergunto se isso é real, deve ser, afinal seu armario esta vazio. Acordei e você não estava mais lá.
Nem ao menos se despediu...
Me aconselham a pensar em outras coisas e mesmo assim minha cabeça parece que vai explodir.
Só quero a companhia dos meus pensamentos, estou fechada para o mundo por tempo indeterminado, minhas forças se esgotam e sinto que falta pouco para estar caida outra vez.
Preciso ter um dia para esquecer, fingir quenunca nada disso aconteceu.
Talvez seja apenas um sonho ruim e tudo logo volta ao normal!
Então esqueça e deixa o tempo se encarregar de por a bagunça no lugar...


Nenhum comentário:

Postar um comentário