terça-feira, 17 de janeiro de 2012


Não entendo sua forma de agir. 
Sempre tão instável e em constante mudança de atitude que eu nunca sei o que devo fazer.
O próximo passo pode determinar o destino de coisas que nós sequer entendemos ainda e você continua assim...
As suas atitudes me confundem, cheguei a acreditar que seria dessa vez que tudo daria certo, que finalmente o passado que me assombra seria esquecido.
Acreditei que seria você a me salvar das coisas que me perseguem...
E hoje não sei se você me fez acreditar ou se eu me iludi novamente...
Talvez tenha me precipitado em confiar tanto assim, apostei todas as fichas em você e agora não sei se ganhei ou se perdi.
Cheguei até a metade do caminho, me desprendi do que me liga ao passado e quase dei um passo a diante, mais agora espero por você, é a sua vez, aposte suas fichas e jogue os dados, vamos em frente ou voltamos para trás?!
Eu finalmente permiti que alguém entrasse. Abri meu coração te deixei entrar, me mostrei por inteiro da forma que realmente sou, sem medos e então não me arrependo.
Mas o próximo passo depende de você.
Depende da sua atitude, do que você que.
O próximo passo pode determinar o destino de coisas que nós sequer entendemos ainda e você continua assim...
Talvez errei, acreditei demais, pensei que seria você que me salvaria de tudo, mudaria meu mundo, que por mim mataria um dragão, me resgataria da mais alta torre. Mais você continua ai, não vai enfrente nem volta atrás. 
Você me fez acreditar ou eu me iludi novamente...
Talvez tenha me precipitado em confiar tanto assim, apostei todas as fichas nos dados errados e agora não sei se ganhei ou se perdi.
Não entendo sua forma de agir.
O mais difícil já fiz, deixei você entrar e isso significa muito, agora é a sua vez. Aposte suas fichas e jogue os dados. Vamos em frente ou voltamos para trás?! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário